Polícia Rodoviária apreende 20 m³ de madeira irregular na BR-316 no MA

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no início da tarde de quarta-feira (29) 20 m³ de madeira nativa irregular na BR-316 no município de Codó, a 290 km de São Luís.
Segundo a PRF, a apreensão aconteceu às 13h30 no km 498 da BR-316, em Codó, quando os policiais rodoviários federais deram ordem de parada a um motorista de 41 anos que estava conduzindo o caminhão de cor vermelha e placas HOM-7767 do estado do Maranhão.

De acordo com a polícia rodoviária, foi solicitado ao condutor a documentação pessoal, do veículo e da carga. Indagado sobre a carga transportada, informou que estava transportando 20 m³ de lenha de uma propriedade próxima ao Povoado Boqueirão dos Vieiras.
Ele apresentou o Documento de Origem Florestal (DOF) no qual constava como veículo autorizado para o transporte outro caminhão e as coordenadas geográficas do local de acesso para o imóvel rural eram diferentes do local que o motorista informou ter extraído a madeira nativa.
Ainda conforme os policiais, outra irregularidade é que, conforme informação do site do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o DOF estava sendo reaproveitado, o que significa que estava em desacordo.
O motorista informou ainda que a lenha era de diversas espécies, entre elas de pau pombo, pau terra, faveira, caneleira, dentre outras. Ele declarou também que presta serviço há sete anos transportando lenha para uma grande empresa com sede no município de Codó, que transporta três carradas por semana.
Diante dos fatos, os policiais rodoviários acionaram a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) de Caxias, que compareceu a Unidade Operacional da PRF para fazer os procedimentos administrativos. O caminhão com a carga foram recolhidos para o pátio da SEMA de Caxias.
Essa já é a segunda apreensão de madeira da PRF em Caxias nos últimos dias. A primeira ocorreu na madrugada da última sexta-feira (24), quando foram apreendidos 9m³.
PRF e g1/ma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *