Ecofuturo promove oficina sobre educação socioambiental em Açailândia

A formação é uma das etapas do projeto de implantação da Biblioteca Comunitária em Açailândia

O Instituto Ecofuturo, organização mantida pela Suzano Papel e Celulose, promoveu, na semana passada, no auditório do SINTRASSEMA, uma oficina de educação socioambiental, bem como, cursos de Auxiliar de Biblioteca e Promotor de Leitura para educadores da Secretaria Municipal de Educação e representantes da comunidade do Valle do Açaí, onde será implantada uma Biblioteca Comunitária na Escola Municipal de Educação Fundamental José Egídio Quintal Filho, além de um curso sobre Gestão e Sustentabilidade, voltado a funcionários do poder público dos municípios.

A Oficina reforça a integração entre as duas principais frentes de atuação do Instituto, educação e meio ambiente, e tem como objetivo contribuir para a implantação e qualificação de políticas públicas de leitura e de biblioteca, para a democratização do acesso ao livro e para a efetivação da lei 12.244/10, a qual determina que, até 2020, todas as instituições de ensino do País, públicas e privadas, deverão ter bibliotecas.

A formação foi acompanhada pela diretora da Casa do Professor, Zeila Ferradaz, técnica da SEMED, e ministrada pela especialista da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Gláucia Molo, de Campinas – São Paulo. “As novas bibliotecas receberão, cada uma, acervos com 400 livros novos de literatura, selecionados por especialistas da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil), executora técnica do projeto, e outros 100 escolhidos pela comunidade. Os espaços contarão também com mobiliário novo e equipamentos eletrônicos e de informática. Para esta finalidade estamos realizando esta formação para 46 educadores destes municípios, a escolha dos livros, organização do acervo bibliotecário, entre outros”, ressaltou Gláucia.

O Ecofuturo e a Empresa Suzano, sua mantenedora, iniciaram a implantação de Bibliotecas Comunitárias no Maranhão. As unidades integram o acordo da empresa com o Governo do Estado no âmbito do Programa Escola Digna, uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (Seduc-MA) em parceria com as prefeituras municipais com objetivo de promover a substituição de escolas em condições precárias e oferecer assessoria técnico-pedagógica.

Açailândia já conta com duas bibliotecas do projeto, uma na Escola Municipal Fernando Rodrigues, na Vila Ildemar; outra no Assentamento Califórnia, na Escola Municipal Antônio de Assis; e em breve no Condomínio Valle do Açaí, na recente construída Escola Municipal José Egídio Quintal Filho. A inauguração das bibliotecas está prevista para o fim deste ano.
ASCOM-PMA – Por: Antônio Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *