Açailândia é o quarto município do estado em número de queimadas esse ano

Somente no mês de junho mais de 30 mil clientes tiveram a energia interrompida em decorrência das queimadas
 
Ao contrário de outras regiões do Brasil, o Nordeste registra altas temperaturas o ano inteiro. No Maranhão o mês de julho é marcado pelo início do período de estiagem, o que pode ocasionar um aumento nos incidentes com queimadas, que além de oferecer perigo aos moradores, também pode interromper o fornecimento de energia na região. Pensando nisso, a Equatorial Maranhão faz um alerta para as queimadas próximas da rede elétrica.
 
Devido à baixa umidade do ar e o tempo seco, as queimadas se tonam bastante comuns esse período do ano. Segundo o boletim de monitoramento de queimadas realizado pela Secretária de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), entre os dias 16 e 30 de junho deste ano, foram registrados 559 focos de incêndios no Maranhão, sendo que 88,6% das ocorrências se deram somente na região do Cerrado, área que tem uma vasta quantidade de vegetação. 
Queimadas e a rede elétrica – Registros da Equatorial Maranhão mostram que, no primeiro semestre de 2020 foram registradas mais de 170 ocorrências de incêndios e queimadas próximas à rede elétrica no estado. Essas ocorrências resultaram em falta de energia elétrica para diversos clientes. Somente no mês de junho deste ano, 32.275 clientes tiveram seu fornecimento de energia interrompido por conta de queimadas que atingiram a rede elétrica. Apesar do volume de ocorrências ser baixo, a quantidade de clientes interrompidos devido a incêndios foi de 40.000 neste primeiro semestre, o que representa um aumento de 46% em relação a 2019, ano em que foram registrados 27.309 ocorrências de falta de energia entre os meses de janeiro e junho com a mesma causa.
O gerente de Obras e Manutenção da Equatorial Maranhão, Saulo Ferreira, explica que as queimadas causam inúmeros transtornos. “É preciso atenção redobrada com focos de incêndios, porque mesmo que as chamas não cheguem a atingir a rede elétrica, só o calor provocado pelas queimadas pode destruir as estruturas de distribuição elétrica, como postes, transformadores, cabos e torres, provocando falta de energia e colocando também em risco a própria comunidade”, enfatiza o Gerente de Obras e Manutenção.
 
Diante disso, a Equatorial Maranhão elenca algumas orientações importantes para evitar as queimadas e garantir a segurança de todos durante esse período: 
 
• Não faça queimadas próximo da rede elétrica;
• Tenha atenção ao descartar fósforos e bitucas de cigarro, pois uma pequena faísca pode provocar um grande incêndio;
• Não acenda velas nem fogueiras próximos à vegetação mais seca;
• Não faça queimadas para limpar pastagens ou plantio agrícola;
• Procure fazer “aceiros” no terreno, eles ajudam a controlar o fogo em caso de acidentes.
Outras orientações: Ao presenciar riscos de incêndios próximos da rede elétrica, a população deve imediatamente entrar em contato com o corpo de bombeiros e com a Equatorial Maranhão pela central 116.
 
Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *